museu-gucci

Gucci Museo “Forever Now”

29/05/2014 às 14h a 22/06/2014
museu-gucci
museu-gucci

GUCCI APRESENTA A EXPOSIÇÃO “FOREVER NOW” EM SÃO PAULO

A Gucci tem o prazer de anunciar o lançamento do primeiro museu temporário da marca no shopping JK Iguatemi em São Paulo. A exposição Gucci Museo “Forever Now” com três semanas de duração, será aberta ao público no dia 29 de maio e replicará o museu florentino da Gucci; espaço que incorpora sua filosofia “Forever Now”, um tributo à tradição da Gucci com foco no futuro da marca. Uma loja do museu complementará o espaço tornando-o um ponto de referência para os visitantes. A Diretora Criativa da marca Frida Giannini e o CEO Patrizio di Marco celebrarão essa ocasião com um evento para convidados na noite que antecede a abertura do museu.

Em 1921 Guccio Gucci abriu sua companhia e a primeira loja em Florença com sonho e visão que permanecem vivos até hoje, pela tradição de seus ícones e valores que transcendem o tempo. Incorporada por celebridades, socialites e a realeza desde os anos 50 e 60, o “jet set” internacional foi fotografado com suas peças Gucci preferidas nos mais diversos lugares, e hoje esse legado se mantém devido ao profundo respeito que a marca nutre pelo seu passado e visão do futuro.

A Gucci celebrou seu 90º aniversário em 2011 com a abertura do Gucci Museo dentro do histórico Palazzo della Mercanzia, situado na Piazza Signoria em Florença. Para a Diretora Criativa Frida Giannini, o Gucci Museo é um espaço desenhado para fortalecer a filosofia “Forever Now” da grife italiana, e é casa da exposição permanente formada pelo seu arquivo rico e culturalmente significante, preservado e ampliado por anos. Agora, peças preciosas do Gucci Museo viajarão para o Brasil.

A exposição “Forever Now” contará com uma série de peças raras emprestadas do arquivo Gucci Museo, distribuídas em diferentes espaços temáticos inspirados por motivos e símbolos que são a assinatura da marca. O tema viagem será destacado com uma mostra de baús, malas, acessórios e artigos criados para o jet-set internacional que colaborou para o reconhecimento da Gucci nos anos 50, 60 e 70. Foram, de fato, “Valigeria e Articoli da Viaggio” (Malas e acessórios de viagem) que definiram as primeiras coleções de Guccio Gucci, uma vez que ele se inspirou em sua própria experiência de carregar as bagagens dos clientes que chegavam ao Hotel Savoy em Londres, onde ele trabalhou como carregador em sua juventude.

A jornada através da história da Gucci permitirá ao visitante acompanhar a evolução da bolsa Bamboo, estimado ícone da casa italiana datada de 1947, quando os artesãos florentinos da Gucci inventaram uma solução criativa para o racionamento de materiais do período de guerras. Em um movimento inovador, os artesãos introduziram o bambu, que ainda pode ser importado do Japão, como uma alça de bolsa; quando aquecido e moldado em semicírculo. Inspirada nas curvas de uma sela de cavalo, a forma estruturada e feminina ganhou reconhecimento, como triunfo do trabalho artesanal florentino que rapidamente transcendeu o tempo com seu inegável glamour. Enquanto o modelo original foi uma bolsa de couro de porco, nos anos 50 e 60 inúmeras variações entraram em produção e agraciaram as mãos da realeza e divas do cinema – marcando o destino da bolsa como um design icônico Gucci.

Um espaço específico irá mostrar o legado do motivo Flora, a icônica estampa floral que estimulou múltiplas interpretações ao longo do tempo. A estampa data de 1966, quando a Princesa Grace visitou a loja Gucci situada na Via Monte Napoleone, com seu marido, o príncipe Rainieri. Nessa ocasião, Rodolfo Gucci quis presenteá-la com algo especial e encomendou ao artista Vittorio Accornero uma estampa floral para um lenço de seda original. A resposta foi um lenço de seda estampado com nove buquês de flores das quatro estações, com frutos, borboletas, libélulas e insetos em uma encantadora ilustração rica em cores. Entre os clássicos, Flora é um símbolo da continuidade do arquivo Gucci; um design que renasce a cada coleção com seu poder gráfico e evocativo atemporal.

Seguindo seu sexagésimo aniversário ano passado, o loafer Horsebit aparecerá em um display onde sua história será narrada desde suas origens nos pés de homens legendários nos anos 50 e 60 passando por sua introdução como peça permanente da coleção do Metropolitan Museum of Art em 1985 até até os dias atuais. Uma série de mocassins dos arquivos dão conta da evolução do sapato ao longo dos tempos.

Uma área especial permitirá aos convidados ver uma seleção de figurinos de alta costura Gucci Première, desenhados por Frida Giannini e usados por amigos da marca nos mais prestigiados tapetes vermelhos. Um display adjacente destacará exclusivamente ternos Made to Measure feitos sob medida para os principais homens do mundo e vestidos nas ocasiões mais suntuosas.

EXPOSIÇÃO “FOREVER NOW”
 
Temas da Exposição
 
Bamboo
Flora
Viagem
Horsebit
Première
Made to Measure
 
Local
Shopping JK Iguatemi – 3º andar
Horário de funcionamento
De segunda à sábado das 12h00 às 22h00
Aos domingos das 14h00 às 22h00
De 29 de maio a 22 de junho de 2014
 

Concebido pela Diretora Criativa da Gucci, Frida Giannini, o GUCCI MUSEO é um espaço que incorpora a filosofia “Forever Now” da marca. Uma exposição permanente do seu arquivo rico e culturalmente significante, que tem sido preservado e amplificado através dos anos, é justaposta com instalações de arte contemporânea apoiadas pela Pinault Foundation. Uma loja dedicada aos ícones, um café e uma loja de souvenir complementam o espaço da exposição tornando-o um ponto de referência para visitantes. O preço da entrada é de 6 euros e 50% de cada venda beneficia a restauração de trabalhos de arte na cidade de Florença.

www.guccimuseo.com

Eventos de AGENDAanteriores