A 31ª Bienal de São Paulo vai ocorrer de 6 de setembro a 7 de dezembro de 2014, no Pavilhão da Bienal no Parque Ibirapuera. O Iguatemi São Paulo é um dos apoiadores dessa edição. Acompanhe algumas novidades por aqui!
bienal_destaqueevento

Última Semana de Bienal

bienal_destaqueevento
bienal_destaqueevento

Ainda não visitou a 31ª Bienal? Aproveite que essa é a última semana! Veja abaixo tudo que vai acontecer até o dia 7 de dezembro e programe-se.

Sarau Verso em Versos

*3 de dezembro, às 19h no Pavilhão Bienal, área Parque, térreo

O sarau acontece mensalmente no Espaço Comunidade, zona sul de São Paulo. As apresentações são livres, individuais ou grupais e os participantes partilham criações autorais.

Exposição dos ateliês

*3 a 7 de dezembro, 9h - 21h (qua), 9h - 19h (qui, sex), 9h - 17h (sáb), no Pavilhão Bienal, área Parque, térreo.

Com a intenção de compartilhar as produções e os processos vividos nos ateliês da 31ª bienal, uma exposição com as diferentes propostas de ateliês organizados pelo Educativo Bienal será realizada entre os dias 3 e 7 de dezembro.

Seminário Arq. Futuro Cidades Performáticas

*5 de dezembro, 9h às 19h, no Pavilhão Bienal, auditório, 1º subsolo

Seminário de um dia realizado pela Fundação Bienal e pelo Arq.Futuro, Cidades Performáticas: uma discussão sobre arte, arquitetura e espaço público reúne especialistas do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) e da Tate Modern, de Londres, além de gestores, criadores e produtores culturais para debater o papel da cultura como elemento de transformações urbanas.

Increva-se aqui.

A Última Palavra é a Penúltima – 2.0 | Teatro da Vertigem

*5, 6 e 7 de dezembro, 19h e 21h, na Passagem subterrânea Viaduto do Chá x Praça Ramos de Azevedo

Últimas apresentações. Espetáculo encenado pela primeira vez em 2008 é revisitado pelo Teatro da Vertigem e conta com a participação do público, num trabalho em que espectador, transeuntes e atores se misturam.

Lançamento da Revista Urbânia #5

*6 de dezembro, às 11h, no Pavilhão da Bienal, área Parque, térreo

A revista Urbânia 5 foi desenvolvida como um dos projetos artísticos da 31ª Bienal e reúne práticas de educação contra-hegemônicas / de educação para a autonomia. A revista impressa tem quase 300 páginas e os conteúdos são organizados em oito seções: Contraescolas; Currículo escondido ou Pelas frestas dos portões; Somos todas diferentes; Outra universidade; Contraespaços de aprendizado; Onde foi parar a brincadeira livre?; Educar é não caber; e Mediação institucional e mediação extrainstitucional. Na base deste projeto editorial está a noção de educação democrática.

Debate: Experiências populares de ônibus tarifa zero

*6 de dezembro, 17h às 18h, no Pavilhão da Bienal, área Parque, térreo

Um dos projetos da artista Graziela Kunsch na 31ª Bienal foi a proposição, para a prefeitura de São Paulo, de uma linha experimental de ônibus, circular, sem destino conhecido. Esse ônibus gratuito e sem catracas deveria passar pelas ruas e avenidas da cidade de São Paulo e parar nos pontos de ônibus regulares. No local onde normalmente se escreve o destino do ônibus, estaria escrito "TARIFA ZERO". A 31ª Bienal está chegando ao fim e a prefeitura ainda não demonstrou interesse em colaborar na realização desse projeto. Como conclusão desse processo, a artista convidou integrantes de movimentos sociais que vem realizando experiências de linhas populares para uma sessão de trabalho, na qual irão compartilhar suas práticas e estratégias.

Sarau Moinho Vivo

*6 de dezembro, 17h,  Vermelhão - Favela do Moinho, Rua Dr. Elias Chaves, 20, Campos Elíseos

Após três meses de reforma do maior espaço público da Favela do Moinho, o campo de futebol, os movimentos Comboio e Moinho Vivo convidam a todos para a inauguração do espaço, com calçadas, canteiros, parquinho, mobiliários públicos e iluminação. Será apresentado um sarau de poesia, música e conversas, com participação de Debora Maria da Silva (Mães de Maio), Ducorre (Amuru e Jackson), Influência Positiva Vinão (Alô Brasil), entre outros.

Bonde Sak Funk

*7 de dezembro, às 16h, no Pavilhão Bienal, área Parque, térreo

Como encerramento da 31ª Bienal, a dupla de rappers MC Spyke e MC Preto faz uma apresentação de seu repertório musical que aborda desde problemas sociais ao estilo funk ostentação.

Para mais informações, acesse: 31bienal.org.br

 

Voltar para Arte e Cultura >